ASTECA


Cooperativas de Trabalho – Aspectos Contábeis


Cooperativa de Trabalho é a sociedade constituída por trabalhadores para o exercício de suas atividades laborativas ou profissionais, buscando proveito comum.

Baseia-se na autonomia e autogestão para obtenção de melhor qualificação, renda, situação socioeconômica e condições gerais de trabalho.

A Cooperativa de Trabalho poderá adotar por objeto social qualquer gênero de serviço, operação ou atividade, desde que previsto no seu Estatuto Social.

O destino das sobras líquidas ou o rateio dos prejuízos será decidido em Assembleia Geral Ordinária (AGO).

Desta forma, dadas as exigências específicas por esta forma societária, têm-se os seguintes cuidados contábeis:

  • Separar adequadamente os resultados (atos cooperativos e não cooperativos), para fins de tributação pelo imposto de renda;
     
  • Apurar o montante das sobras ou perdas do exercício, para fins de proposta de destinação à AGO;
     
  • Destacar, separadamente, os rendimentos de cada associado, para fins de tributação específica das eventuais sobras distribuídas (controle e informações na DIRF);
     
  • Apresentar, destacadamente os fundos apropriados (como fundo de férias, 13º anual ou de apoio social aos associados); entre outras.

O surgimento das cooperativas de trabalho fez com que nos capacitássemos a atuar em tais empreendimentos. Assim, mais uma vez a Asteca atendeu ao chamado e está pronta para prestar seus serviços a tais cooperativas na contabilidade e escrita fiscal, com transparência, segurança e qualidade.

Consultem nossos clientes e faça contato conosco para maiores informações

Fonte: https://boletimcontabil.wordpress.com/2019/04/11/cooperativas-de-trabalho-aspectos-contabeis/

Comentários