ASTECA


Trabalhadores na Ford param contra demissões no ABC


Metalúrgicos da Ford lutam contra demissão de companheiros

Os metalúrgicos da Ford em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, iniciaram na sexta (11) um processo de mobilização contra a demissão de 364 metalúrgicos que estavam em lay-off (suspensão temporária de contratos de trabalho). O movimento começou pelo setor de estamparia da fábrica, área considerada estratégica por dificultar o restante da produção.

Os desligamentos foram anunciados pela fábrica na quinta (10). Segundo o coordenador do comitê sindical na empresa, José Quixabeira de Anchieta, a montadora agiu de forma irresponsável ao romper as negociações com o Sindicato e anunciar as demissões. Ele explica que o acordo coletivo em vigor, negociado no final de 2015, garante estabilidade no emprego até janeiro de 2018.


Flexibilização - O Sindicato orientou os trabalhadores que receberam os informes de demissão a não assinar a rescisão do contrato de trabalho na sexta, conforme a intenção da empresa. A fábrica alega que já utilizou as ferramentas de flexibilização possíveis e se recusa a abrir um novo PDV (Programa de Demissão Voluntária).

Mais informações: www.smabc.org.br

Fonte: Repórter Sindical

Comentários