ASTECA


GLOBO DEMITE 30 JORNALISTAS E SINDICATO PROTESTA


"O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro repudia as demissões de mais de 30 jornalistas da Infoglobo, que edita os jornais ‘O Globo’, ‘Extra’ e ‘Expresso’, nesta quinta-feira (19/01). A empresa alegou que as dispensas foram motivadas por uma ‘reestruturação do negócio’ - termo que pode ser traduzido em total desrespeito aos trabalhadores demitidos e acelerada precarização do trabalho daqueles que permanecem empregados", diz nota do sindicato sobre as demissões desta quinta-feira 19 na Globo, também atingida pela depressão econômica produzida pelo golpe parlamentar de 2016 no Brasil

19 DE JANEIRO DE 2017 ÀS 20:08 // RECEBA O 247 NO TELEGRAM  [Telegram]

Nota de repúdio do Sindicato às demissões de jornalistas na Infoglobo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro repudia as demissões de mais de 30 jornalistas da Infoglobo, que edita os jornais ‘O Globo’, ‘Extra’ e ‘Expresso’, nesta quinta-feira (19/01). A empresa alegou que as dispensas foram motivadas por uma ‘reestruturação do negócio’ - termo que pode ser traduzido em total desrespeito aos trabalhadores demitidos e acelerada precarização do trabalho daqueles que permanecem empregados.
Desde cedo solicitamos à Infoglobo uma reunião ainda nesta quinta, mas a empresa só agendou o encontro para segunda-feira (23/01). De 2014 a 2016, 150 jornalistas foram demitidos sem justa causa da Infoglobo, de acordo com levantamento do SJPMRJ.
Estamos solidários aos profissionais dispensados e atentos a qualquer tipo de ilegalidade que possa ocorrer no processo de demissão.  

Fonte: Brasil 247

Comentários